domingo, 19 de abril de 2009

tempo ainda

Os copos
bebida
espelhos
fotos e lembranças

a enxurrada seca
a mãe o ferro o trabalho
força de vontade
machismos e achismos

o disco a juventude o arranjo a diferença e a semelhança
o ser autêntico
o tempo
o ser no mundo
prova textos testes e o sono

o corpo
as compras
as contas
o tempo
o céu
o sol
o show

o jogo a vitória a derrota a luz e o sabor

tudo

o tempo
tudo

os dias
tudo

as coisas
todas

(os) nós
todos

tudo
seria motivo

tudo
sobre
tudo
eu escreveria

mas ainda quero falar de amor.

3 comentários:

DaniK disse...

Li, adorei os escritos...
beijo gigante

BAR DO BARDO disse...

palavra-puxa-palavra, mas a essência se concentra no amor...

gostei!

Giuliano Quase disse...

bem, não é a toa que barthes já fez seu fragmento.